Dupla é detida após roubar servidoras dentro de escola em Nova Venécia

    

Dois suspeitos foram detidos após render funcionárias de uma escola e roubá-las, antes do início das aulas, no início da manhã desta quarta-feira (8), dentro de uma escola, no bairro Bonfim, de Nova Venécia.

Segundo a Polícia Militar, uma professora acionou a corporação relatando que dois indivíduos haviam invadido a instituição e foram para o interior do colégio, em direção a cozinha. Militares foram ao local e ao chegar no lado externo da escola, uma funcionária confirmou que dois suspeitos pularam o muro dos fundos do colégio e saíram correndo, em posse de uma arma de fogo e um celular roubado, sentido ao bairro Municipal II, antes da chegada das equipes.

Um deles fugiu com uma sacola de biscoito da escola. A vítima relatou que, por volta das 6h10, estava na cozinha preparando o café da manhã dos alunos e de repente a colega, que estava limpando a secretaria a avisou que havia dois indivíduos na escola e trancou a porta da cozinha. Porém, os suspeitos desceram a rampa que dá acesso aos fundos da cozinha, que fica no refeitório, e abordaram-nas dizendo que estavam correndo da polícia.

Eles também afirmaram que estavam com bastante fome, sendo oferecidos os biscoitos que estavam em cima da mesa do refeitório, porém eles não aceitaram e falaram para elas ficarem quietas no canto da cozinha e não ligar para a polícia. Um dos indivíduos pegou pacotes de biscoito de maisena fechados e também zero lactose, colocando-os em uma sacola que estava em cima da mesa do refeitório. Já o outro suspeito, ficou mexendo na bolsa de uma das mulheres, porém a outra vítima saiu da dispensa para pegar a bolsa que estava no refeitório e o indivíduo retirou uma arma da cintura e colocou apontada para o abdômen dela, proferindo ameaças, caso ligasse para a polícia.

Segundo a Polícia Militar, diante do fato, a vítima afirmou ao suspeito que não acionaria a PM, então ele pediu o telefone na condição de que iria embora. A mulher entregou o aparelho e os indivíduo pularam o muro dos fundos, tomando destino ignorado. As vítimas saíram correndo para o lado externo da escola e pediram socorro. Uma professora avisou as mulheres que já tinha ligado para a PM.

A corporação informou que buscas foram realizadas e na praça, próximo a rodoviária, no Centro da cidade, um indivíduo foi localizado. Ele negou o crime, porém foi reconhecido pelas vítimas. O outro suspeito, de 16 anos, foi encontrado próximo ao Ginásio de Esportes, em um local abandonado. No momento da abordagem, ele estava manuseando o celular roubado e dispensou a arma no chão, que posteriormente confirmou-se que era um simulacro. Ambos foram encaminhados para a 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia.

Segundo a Polícia Militar, a dupla também é suspeita de arremessar pedras contra o vidro de uma loja no Centro de Nova Venécia, vindo a causar danos.

Procurada, a Polícia Civil orienta que as vítimas registrem a ocorrência podendo comparecer pessoalmente a uma delegacia ou realizar o registro por meio da Delegacia Online, https://delegaciaonline.sesp.es.gov.br, para que a Polícia Civil tome ciência do caso e inicie as investigações. A população pode denunciar através do Disque-denúncia (181) qualquer tipo de irregularidade, ilegalidade ou repassar informações que ajudem as polícias na elucidação de delitos ou infrações. A ligação é gratuita e pode ser realizada em qualquer município do Estado.